Defesa Civil atende em média 82 chamados por mês para vistoria em imóveis

julho 3, 2024 Off Por

O trabalho de vistoria técnica em imóveis é o que registra o maior número de chamadas na Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de João Pessoa (Compdec-JP). Todos os dias, as equipes visitam diversos bairros para verificar possíveis problemas na estrutura das edificações, atendendo às solicitações da população ou por demanda espontânea.

Este ano, no período de 1º de janeiro a 30 de junho, a Defesa Civil registrou 496 ocorrências, o que dá uma média de 82 chamados por mês, mais que todo o ano de 2023. A maioria das vistorias é realizada a partir de solicitações da população, seja pela Central de Operações, telefone e WhatsApp ou pelo aplicativo ‘João Pessoa na Palma da Mão’.

O diretor de Minimização de Desastres da Defesa Civil, Antônio Esteves, destacou que a Compdec-JP existe prioritariamente para salvaguardar as vidas dos cidadãos e, quando possível, seus bens. Ele disse que os serviços de vistoria técnica podem ser divididos entre monitoramento de área de risco e vistoria em imóveis.

“As vistorias em imóveis podem ser preventivas, em resposta a solicitação de cidadão e de outras secretarias, ou em resposta a incidentes, tais como colapso parcial ou total de estruturas, avaliação de estruturas que sofreram com incêndios ou avaliação de habitabilidade em imóveis com problemas estruturais”, detalhou.

Segundo Antônio Esteves, o prazo para resposta das demandas é de 30 dias. No entanto, a Compdec-JP tem conseguido responder em um tempo bem menor do que o previsto. “Em dias normais, conseguimos fazer as vistorias solicitadas no máximo em 72 horas, mas já fizemos muitas em até 24 horas”, relatou.

Demandas atendidas – Desde o início da gestão até junho deste ano, a Defesa Civil recebeu 2.188 solicitações de vistoria em imóveis, sendo 555 em 2021; 700 em 2022; 443 no ano passado e 490 agora em 2024. Deste total, 541 imóveis foram interditados total ou parcialmente e a maioria foi desinterditada após sanarem os problemas apontados pela Compdec-JP.

Quando e como acionar – Em relação aos imóveis, a Defesa Civil deve ser acionada, para que seja feita a avaliação, sempre que houver suspeita de comprometimento da estrutura. Entretanto, muitas vezes, a Compdec-JP é chamada em situações nas quais não pode intervir.

“A população precisa entender que não podemos servir como mediadores entre conflitos de vizinhos, quer seja numa árvore que esteja em propriedade privada e que precisa de poda, manutenção de muro divisório ou em caso de vazamento/infiltração em apartamentos”, enfatizou Antônio Esteves.

A Defesa Civil funciona 24 horas, inclusive aos sábados, domingos e feriados e, em caso de necessidade, deve ser acionada pelo número 98831-6885 (WhatsApp), telefone 199 ou aplicativo ‘João Pessoa na Palma da Mão’, que pode ser baixado gratuitamente nas plataformas Play Store e AppStore.